Rime – O jogo que vai te emocionar

RiME_inicial

Eu amo games desde que existo, quando criança eu jogava joguinhos e não brincava de boneca. Na infância Atari, MegaDrive e Master System dominaram geral, até a chegada do incrível Nintendo 64. Na adolescência os jogos multiplayer online me seduziram e foi uma festa de Country Stryke, Call of Duty e American Arms. Pouco depois o trabalhou consumiu meus dias e terminei voltando pros consoles porque ninguém merece computador 24 horas por dia. Agora adulta, me divirto com o Nintendo Switch e seus clássicos e ainda alguns novidades.

Depois de jogar o melhor jogo dos últimos tempos, a saber: Zelda – Breath of the Wild, fiquei carente de um single player que me deixasse livre para descobrir novos mundos e jogar da forma que eu quisesse apenas para me envolver naquele universo com paisagens e musicas lindas, além de uma boa dose de emoção claro. 

Parti então para a pesquisa e, o mais perto que cheguei, foi um joguinho japonês que prefiro não citar porque acabei não optando por ele em função de ter lutinhas demais. Continuei pesquisando e daí do nada, tamanha foi minha surpresa quando encontrei o jogo Rime. Havia pouca informação sobre ele e praticamente tudo que prestava estava em inglês. Ainda assim apostei e comprei o jogo aqui. Só um disclaimer: ele é um jogo de PC que joguei com o controle do Xbox bem plena porque como já disse ninguém merece jogar em PC esse tipo de game.

Resumo – Resumão 

ss_47a4cdf4645d9a4dbae225b10547c69a41078061.600x338

Você é um menino que acorda como naufrago em uma ilha todo sujinho. Rime é basicamente um jogo de aventura onde o objetivo principal é entender quem é esse menino, onde ele está e o que aconteceu pra ele chegar ali. Para tal, você é apresentado a diversos puzzles e alguns “amigos” que irão te ajudar nessa jornada fantástica.

Porque é tão legal

Porque você pode sair andando livremente pela ilha buscando encontrar as respostas, aí vai se deparando com coisas incríveis e alguns desafios muito interessantes. Preciso dizer algo sobre o destaque da jogabilidade desse game, você não fica preso sem saber o que fazer sabe? Morro de raiva daqueles jogos em que a gente empaca e tem que procurar na Internet pra desempacar (coisa que me recuso a fazer). Em Rime, é só da uma olhada com mais atenção que tudo se desenvolve bem na sua frente, os puzzles não são muito complicados, os segredos estão ali é só ter atenção. Só em que cuidar porque paisagem e os detalhes do jogo chegam a te distrair em algum momento de tão lindos que são. Um destaque que torna Rime tão especial pra mim é a imersão que o jogo proporciona, tem uma trilha sonora simplesmente maravilhosa (pensando em usar pra meditar real oficial), que te acalma e envolve em conjunto com toda a magia que a ilha proporciona. 

A jornada da personagem é alegre, empolgantes, mas também é triste (de forma curiosa), te emociona e ainda conta com uma dose de suspense muito delicada. O final é simplesmente emocionante, sério, é coisa linda real (e não são os hormônios da gravidez falando). 

Não dá pra explica mais, e nem vou dar spoiller, apenas joguem Rime e depois me contem. É inspirador e maravilhoso!

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s