Resenha – Peça – Phantom of the Opera (Broadway NYC)

96e76cee32d9e0c0e417a1df9e997d015a73661d

Como começar esse post gente? Sério, essa obra foi simplesmente a coisa mais sensacional feita por homens que os meus olhos já viram. (não estou exagerando).

IMG_6945

De cara o teatro Mejestic já te envolve com uma atmosfera simplesmente apaixonante, com áreas laterais suspensas, parte baixa e alta de platéia, orquestra em baixo, palco maravilhoso… Sério, só de entrar com todo aquele tapete vermelho a gente já é transformado pra outra época. (fora toda sua imponência do lado de fora). Aproveitados e tiramos fotos bem felizes pela entrada.

A peça começa com um artista narrando e o silêncio do teatro faz a voz dele ecoar de uma forma muito especial. É bem bacana que as pessoas ao nosso redor parecem nem respirar de tão envolvidas que elas ficam. É realmente incrível observar isso logo no início do espetáculo.

phantom1w

São muito artistas, o palco muda o tempo todo, é um bombardeiro bom de informações. Por se tratar de uma peça sobre um teatro que tem peças é tudo de um dinamismo tão inacreditável, tem tantas trocas de ambientes que nem me atrevo a tentar explicar. Os detalhes do figurino e de todas as mudanças de cenário realmente chamam atenção e contribuem pro envolvimento que acontece com a peça. O expectador é tomado pelo espetáculo em todos os seus sentidos.

87529-22.jpg

Sobre o Fantasma da Ópera nem preciso dizer que, por mais que você não conheça muito a peça é certo que conhece essa música ou ainda essa e quem sabe essa. São músicas emocionantes e com as mais diferentes versões nas mais diferentes línguas espalhadas por esse mundão nosso de Deus. (temos até uma versão bazuca na novela Tieta, pode acreditar).

Na viagem defini que podia escolher apenas um espetáculo, porque ficaríamos poucos dias em New York e também porque é bem caro qualquer peça da Broadway. Não tive dúvidas e não me arrependo nem por um segundo pela decisão que tomamos de escolher essa. Curti demais, achei realmente incrível e vale cada centavo.

z

Quando em NY, por favor não percam essa chance, conheçam o Fantasma da Ópera e se emocionem assim como eu me emocionei em cada detalhe. Foi um dos pontos altos da viagem!

Obs.: o artista que faz o fantasma é o James Barbour que é simplesmente ridículo de perfeito, já a Cristine é interpretada por Ali Ewoldt que é simplesmente impecável. Os dois juntos são perfeitos. A cereja do bolo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s